Produtividade no setor de serviços cresce 3,2% ao ano

De acordo com a Pesquisa Anual de Serviços (PAS), divulgada nesta manhã de quarta-feira, 28, pelo IBGE, o setor teve evolução na sua produtividade anual de 3,2% em média, no período entre 2007 e 2011. O cálculo é realizado a partir da relação entre a média anual do valor adicionado (11,7%) e a média de crescimento anual do número de pessoas ocupadas (8,2%).

ANTONIO PITA, Agencia Estado

28 de agosto de 2013 | 11h06

O aumento da produtividade, segundo a pesquisa, aconteceu principalmente nos segmentos de serviço de manutenção e reparação (8,3%), atividades imobiliárias 7,9% e serviços profissionais, administrativos (4,1%).

Nesses segmentos, as áreas que tiveram maior dinamismo, segundo a PAS, foi a manutenção e reparação de equipamentos de informática e comunicação, com crescimento da produtividade estimado em 16,8%. A razão, segundo o IBGE, é que o setor consegue atender simultaneamente a prestação ao consumidor final e às empresas.

Já a alta das atividades imobiliárias teria como razão o aumento da oferta de crédito imobiliário, dos rendimentos médios dos trabalhadores e as desonerações de impostos em produtos da área de construção civil. O maior dinamismo no segmento foi verificado na área de compra, venda e aluguel de imóveis próprios, com 7,9% de aumento de produtividade.

Tudo o que sabemos sobre:
IBGEpesquisaserviços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.