Produtividade nos EUA sobe 2,2% no 2º trimestre

A produtividade da mão-de-obra nos EUA permaneceu elevada no segundo trimestre, mesmo com a fraqueza da economia e do setor de manufaturas, enquanto os custos de trabalho desaceleraram. O Departamento de Trabalho informou que a produtividade aumentou 2,2% no segundo trimestre, após alta não revisada de 2,6% no primeiro trimestre. Economistas esperavam avanço de 2,5%.O custo unitário da mão-de-obra - indicador de pressões inflacionárias - aumentou 1,3%, abaixo da expectativa de alta de 1,6%. As horas trabalhadas recuaram 0,5%, enquanto a compensação por hora aumentou 3,6%. A compensação real, ajustada pela inflação, caiu 1,4%.Segundo o relatório de hoje, a produtividade no setor de manufaturas caiu 1,4% no último trimestre, com perdas concentradas em bens duráveis, normalmente um dos setores mais produtivos da economia. O relatório também inclui revisões sobre a produtividade nos últimos três anos. Os dados mostraram revisões para baixo no aumento da produtividade em 2005 e 2007, incluindo queda de um ponto porcentual na estimativa de crescimento da produtividade do quarto trimestre, para 0,8%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.