Produtos vendidos na web têm deflação de 0,51%

Os preços dos produtos vendidos por internet tiveram deflação de 0,51% em relação a janeiro, segundo o índice "e-flation", elaborado pela escola de negócios Fundação Instituto de Administração (FIA) em parceria com a consultoria Canal Varejo.O setor de informática, um dos maiores responsáveis pela inflação verificada no mês anterior, apresentou uma das maiores deflações: 8,86%. Segundo o coordenador geral das pesquisas do "e-flation", professor Cláudio Felisoni, as reduções tributárias sobre o setor previstas em 2006 ainda não se refletem no índice de fevereiro, mas devem influenciar os preços nos próximos meses. Também o aumento do limite de isenção de impostos sobre computadores para R$ 4 mil, uma das medidas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), vai provocar uma deflação ainda maior.Outros setores que apresentaram deflação acima da média foram os de CDs e DVDs (11,27%), brinquedos (5,62%) e perfumaria (1,96%). Houve inflação nas vendas eletrônicas de livros (9,42%), produtos de telefonia (9,05%), viagens e turismo (5,66%), eletroeletrônicos (2,77%) e produtos para casa (0,9%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.