Profissões: exatas e biológicas em alta

Além das profissões ligadas à Internet, profissionais especializados em aprimorar relacionamentos de empresas com clientes estão cada vez mais valorizados. Também é recomendado apostar em áreas como biotecnologia e biodiversidade.EstatísticaSegundo a consultora da Red Hunter Consultoria e Treinamento Ltda., Marisa Gonçalves, uma das profissões mais promissoras do mercado é a de estatístico. As empresas estão procurando cada vez mais profissionais especializados nesta área porque passaram a priorizar a qualidade no atendimento ao consumidor. Para que essa relação entre empresa e cliente seja aperfeiçoada, é necessário elaborar estudos que identifiquem o perfil do público-alvo, por exemplo. Segundo as empresas, quem melhor domina as ferramentas específicas para fazer levantamentos de mercado é o estatístico."O mercado está tão promissor que recém-formados, mesmo sem experiência, estão conseguindo emprego rapidamente", diz Gonçalves, que cita ainda a faixa salarial para cargos de estatísticos de nível médio: de R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00.Mercado FinanceiroPara a sócia-diretora da Parceria Assistência Empresarial SC Ltda. Claudete Takahashi, apesar das fusões de bancos e dos conseqüentes cortes de funcionários, as instituições bancárias ainda oferecem grandes oportunidades de carreira e altos salários, que são acrescentados de uma série de benefícios e participações em lucros. Ciências AtuariaisA profissão de atuário também é outra função que está sendo cada vez mais requisitada pelo mercado. Esse profissional planeja, gerencia e faz auditoria de planos de aposentadoria, saúde, seguro, empréstimos e investimentos. Como os produtos de previdência, capitalização e seguros oferecidos pelo setor privado estão se sofisticando cada vez mais, o atuário facilmente encontra vagas em departamentos de auditoria, avaliação e perícia. Segundo o Instituto Brasileiro de Atuária (IBA), o salário médio inicial é de R$ 1.500,00. Biotecnologia e biodiversidadeA responsabilidade ambiental está fazendo com que muitas empresas invistam em pesquisas para minimizar as agressões que seus processos industriais causam à natureza. Além disso, projetos científicos de grande porte, como o Genoma - que estuda o mapeamento genético de diversos seres vivos, inclusive o do homem -, estão inserindo o Brasil no circuito da ciência, uma área que o País não tem tradição. "A demanda por profissionais especializados está aumentando cada vez mais, e poucas pessoas dominam o assunto. Vale a pena investir nestes ramos da biologia", aposta Takahashi. O salário médio de um biotecnologista é de R$ 2.500,00.Veja a seguir, mais matérias a respeito do planejamento da carreira profissional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.