Profissões: oportunidades no mercado financeiro

A concorrência para cargos executivos no mercado financeiro está cada vez mais acirrada. As companhias estão investindo mais no processo de recrutamento de seus executivos. No caso do mercado financeiro, a escolha de bons gestores tem sido valorizada por causa da crescente necessidade de inovação da área.Os especialistas de recursos humanos avaliam que o mercado está aquecido. Porém, as vagas são para profissionais com boa formação, competência e muita experiência no mercado financeiro. "O mercado financeiro está absorvendo profissionais para altos cargos com ótimos salários. As empresas estão remunerando melhor os candidatos que atuam na área de investimentos em mercado de capitais, avaliações financeiras e mesas de operação", explica o sócio-diretor da Ray & Berndtson, Consultores em Seleção de Executivos, Marco Vitta.O profissional ideal teve ser graduado em economia, matemática, contabilidade ou administração de empresas, dominar algum idioma estrangeiro, de preferência o inglês ou espanhol e ter algum curso de especialização na de planejamento financeiro ou marketing financeiro. "O candidato que obtiver estes requisitos, além de um estágio em uma grande empresa, tem uma grande chance de sucesso no mercado financeiro", avaliou Alfredo Assumpção, diretor da Financial Executive Search Associates (FESA), empresa de recrutamento e avaliação de executivos financeiros. "Além de ter freqüentado uma faculdade bem-conceituada, como a FGV, a USP e a Unicamp, é aconselhável ter feito um MBA fora do país e falar o inglês fluentemente", avisa o gerente de comunicação do Grupo Catho, Joaquim Botelho.O diretor da FESA destaca alguns cargos executivos do mercado financeiro: private banking, corporate finance, asset management e corporate banking. Nestes segmentos, os profissionais são responsáveis pelo planejamento de estratégias, investimento, análise de riscos, avaliações financeiras e processos de aquisições e vendas de ações e empresas. "São cargos de extrema confiança na instituição e, por isso, os profissionais escolhidos devem se atualizar constantemente e conhecer o andamento do mercado financeiro", ressalta.Remuneração compensa esforçosSegundo o diretor da FESA, a recompensa para tantas exigências e 12h a 14h de trabalho por dia são os salários. O salário médio anual de um executivo das áreas de investimento ou varejo pode variar entre R$ 100 mil e R$ 500 mil, segundo pesquisa salarial realizada pela FESA no mercado em 2000. "Os profissionais podem até dobrar seus ganhos com os bônus e nas participações" explica o gerente do grupo Catho. Leia mais no link abaixo sobre as perspectivas profissionais no mercado de Internet e um levantamento sobre as carreiras mais promissoras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.