Programa do IR-2004 tem falhas e ficará desativado até amanhã

A Receita Federal teve que retirar ontem de seu site na Internet (veja link abaixo) o programa gerador da declaração do Imposto de Renda de 2004. Segundo o coordenador nacional do Programa de IR, Joaquim Adir, foi identificado um problema na elaboração da declaração de contribuintes que estavam utilizando declarações antigas e incluindo novos dependentes. O sistema não aceitava a inclusão de despesas com instrução para esses novos dependentes. "O programa será liberado amanhã, no máximo até as 12 horas", garantiu Adir, ao explicar os testes feitos pela Receita para corrigir o problema. O programa para elaboração da declaração de IR 2004 havia sido liberado para cópia pela Receita na última sexta-feira. Foram feitas 380 mil cópias neste período. Aqueles que fizeram a cópia do programa não precisam, necessariamente, fazer uma nova. "Se o contribuinte não importou dados de sua última declaração ou não incluiu novos dependentes não haverá problemas", disse Adir. Prazo de entrega não foi alteradoApesar desse contratempo, não haverá dilatação no prazo de entrega da declaração de IR este ano. "De forma alguma, até porque o prazo para entrega das declarações só começa a partir da próxima segunda-feira", explicou Adir. Os contribuintes terão do dia 1º de março até 20 horas do dia 30 de abril para enviar à Receita a declaração de ajuste, por meio da Internet. A expectativa do governo é receber este ano cerca de 18 milhões de declarações. No dia 15 de março a Receita colocará à disposição dos contribuintes um programa de declaração que pode ser acessado por qualquer tipo de sistema de computador. o programa que voltará ao ar amanhã permite a elaboração da declaração apenas em ambiente Windows. "A multiplataforma permitirá a execução do programa em outros sistemas como Solaris, Linux e Macintosh", explicou o gestor técnico do programa de IR, Cristóvão Barcelos da Nóbrega.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.