Programa que medirá qualidade da banda larga já tem 11 mil inscritos

Lançado ontem, o programa vai selecionar 12 mil pessoas para receber em suas casas um aparelho que fará a medição de forma instantânea e mensal

Anne Warth, da Agência Estado,

30 de agosto de 2012 | 17h24

BRASÍLIA - Em apenas um dia, 11 mil usuários se cadastraram como voluntários no projeto de medição da qualidade e da velocidade do serviço de banda larga fixa no País. Lançado ontem pelo Ministério das Comunicações e pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o programa vai selecionar 12 mil pessoas para receber em suas casas um aparelho (whitebox), semelhante a um roteador, que fará a medição de forma instantânea e mensal. Os primeiros resultados serão divulgados em dezembro.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.brasilbandalarga.com.br, administrado pela Entidade Aferidora de Qualidade de Banda Larga (EAQ). Os usuários serão selecionados por sorteio. Poderão fazer parte dessa amostragem assinantes de prestadoras com mais de 50 mil acessos - Oi, Net, Telefônica/Vivo,GVT, Algar, Embratel, Sercomtel e Cabo.

Não há limite para inscrições, mas funcionários de empresas que oferecem o serviço não poderão participar. A base de amostragem será renovada periodicamente. Os usuários não serão remunerados nem terão gastos com o programa. Segundo a Anatel, o aparelho não coleta informações pessoais nem interfere na navegação do assinante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.