Programa vai eliminar papelada para navios no País

Uma pilha de formulários com 10,5 centímetros de altura. Essa é a papelada que um navio precisa apresentar para entrar ou sair da maioria dos portos do País.

O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2011 | 03h05

São cerca de 1.900 informações, a maioria redundantes, entregues a cinco órgãos: Receita Federal, Polícia Federal, Vigilância Sanitária, Autoridade Portuária e Marinha. Fotos do calhamaço burocrático foram apresentadas ontem pelo ministro-chefe da Secretaria de Portos, Leônidas Cristino, no balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Ele informou que em três dos principais portos - Santos (SP), Rio e Vitória (ES) - a papelada foi substituída por um único formulário, como parte do programa Porto sem Papel. A meta é que o programa esteja implantado no País até 2013. E mais dois programas deverão dar maior eficiência aos portos brasileiros. Um para organizar a chegada dos caminhões e outro para gerir o trânsito de navios nos portos. / LU AIKO OTTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.