Proibida propaganda da Schincariol com sósia de Pagodinho

O Tribunal de Justiça de São Paulo aprovou hoje o pedido do cantor Zeca Pagodinho e mandou suspender a exibição do comercial da Schincariol, no qual aparece um sósia dele e a palavra "traíra". O tribunal manteve a multa diária de R$ 100 mil em caso de transgressão. Segundo a assessoria da cervejaria, a medida é inócua porque o comercial já está fora do ar. Também hoje o tribunal manteve suspenso a divulgação do comercial da Ambev protagonizado pelo cantor. Mas a Justiça não aprovou a solicitação da Schincariol de aumentar a multa diária de R$ 500 mil para R$ 1 milhão, caso a Brahma use a imagem ou a voz do cantor em seus comerciais.

Agencia Estado,

31 Março 2004 | 17h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.