Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Projeto sobre FGTS na Bolsa irá a audiência pública

O senador Antonio Carlos Magalhães Júnior (PFL-BA) afirmou ontem, em entrevista à Agência Estado, que o projeto para o uso de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no mercado de ações passará por uma audiência pública. Segundo ele, o projeto foi discutido ontem na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado."O setor da construção civil está com receio de perder recursos", afirmou. "Então os representantes estão criando obstáculos e apresentado substitutivos ao projeto." Por esse motivo, ficou decido que o assunto irá a debate em uma audiência pública que reunirá representantes do mercado financeiro, da construção civil e da gestão do FGTS.Segundo o senador, autor do projeto, a intenção é tentar marcar a audiência ainda neste ano. "Sei que não é fácil porque o tempo é apertado, mas faremos de tudo." O projeto em tramitação no Senado prevê o direcionamento de até 1% dos recursos recolhidos pelo FGTS para a aplicação no mercado de ações.Na avaliação do senador, o debate sobre o projeto irá esclarecer a questão. "Há um desvirtuamento do assunto", disse. "Esses recursos serão usados para financiar as empresas brasileiras." Ele lembrou que os investidores só poderão comprar ações de novos lançamentos feitos pelas companhias.Além disso, terão a opção de resgatar os papéis em até cinco anos, pelo rendimento de TR mais 3% ao ano. "Isso foi feito para dar um conforto ao trabalhador." Segundo o senador, existe hoje no País uma limitação grande ao financiamento das companhias, já que os recursos estão escassos. "É preciso alargar o mercado de capitais."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.