Projeto sobre lei contábil segue para aprovação nos EUA

Membros do Congresso dos EUA concluíram ontem um pacote de reformas referentes à contabilidade e à estrutura das empresas e enviaram para aprovação final na Câmara e no Senado. O projeto, com quase 170 páginas, tentará inibir escândalos corporativos, como os da Enron, com normas mais severas para as empresas de contabilidade e novas leis para punir a má condução corporativa.O projeto cria um novo conselho de supervisão das empresas de contabilidade e torna mais árduas as punições criminais para fraudes com ações e eliminação de documentos. Esta será a mais importante legislação para as empresas de contabilidade desde um projeto de reforma de 1994, que limitou a habilidade de investidores de processar contadores e outros envolvidos em fraudes contábeis.Agindo em caráter de urgência, os parlamentares aprovaram o projeto final de contabilidade corporativa que foi compilado em menos de uma semana. Eles acreditam que as duas Casas do Congresso endossarão o projeto. A Câmara deve votar o projeto hoje, enquanto o Senado deve fazê-lo logo em seguida. O presidente dos EUA, George W. Bush, deve sancioná-lo.

Agencia Estado,

25 de julho de 2002 | 13h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.