Proposta de reajuste salarial dos fiscais federais é de 20%

A proposta atual de correção salarial para os fiscais federais agropecuários prevê reajuste linear de 20% para os funcionários da ativa e pensionistas. A informação é do vice-presidente da Associação Nacional dos Fiscais Federais (Anffa), Pedro Rodolfo. Ele participou na manhã desta terça-feira de reunião com parlamentares da Comissão de Agricultura e Política Rural da Câmara dos Deputados. Rodolfo estimou que a proposta de reajuste teria impacto de cerca de R$ 146 milhões no orçamento anual do governo federal. A proposta inicial dos fiscais era de reajuste de 30%, a qual causaria impacto no orçamento de cerca de R$ 205 milhões. Essa proposta foi apresentada ontem aos técnicos do Ministério do Planejamento, que deverá apresentar hoje uma contraproposta para essa reivindicação. A reunião de hoje está marcada para 18h30, no Ministério da Agricultura. Evitando criar polêmica com a equipe do Ministério do Planejamento, Rodolfo disse que os encontros de ontem e de hoje foram amigáveis e a expectativa da Anffa é de que um acordo saia até o fim desta semana. Na sexta-feira passada, os fiscais acertaram uma trégua com o governo, suspendendo a greve até o próximo dia 29. Um pequeno grupo de deputados da comissão está agora reunido com repr esentantes da iniciativa privada.

Agencia Estado,

23 Março 2004 | 12h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.