Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

Proposta do Mercosul não agrada União Européia

A poucos dias da reunião de cúpula entre a União Européia e o Mercosul, no México, que deverá lançar a fase final das negociações para a criação de uma área de livre comércio, os europeus demonstraram hoje insatisfação com a última proposta feita por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, na última sexta-feita.Para a porta-voz da Comissão de Comércio da UE, Arancha Gonzalez, a oferta do Mercosul é "mais modesta" do que teria sido declarado por alguns negociadores do bloco. Para os europeus, a proposta do bloco sul-americano ainda não foi suficientemente ambiciosa em temas como comércio de manufaturados, serviços, investimentos e compras governamentais. "Vamos ter de retomar as negociações em Guadalajara", afirmou a porta-voz.A primeira queixa dos europeus é de que a liberalização dos bens industriais proposta pelo Mercosul cobre menos de 90% do comércio entre os dois blocos. Para eles, um amplo acesso aos mercados de produtos manufaturados, principalmente do Brasil e da Argentina, seria essencial para mostrar aos países da UE que o acordo com o Mercosul pode ter vantagens. Para o Mercosul, a proposta já permite vendas européias de mais de US$ 1 bilhão.Os europeus ainda criticaram as ofertas do Mercosul em termos de investimentos. A idéia é garantir um acordo que estabeleça leis garantindo certa previsibilidade aos investimentos europeus no Mercosul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.