Propostas de laptops têm preço 'muito alto'

O pregão eletrônico para a compra de 150 mil computadores portáteis de baixo custo pelo governo será retomado nesta quarta-feira, 19, às 9h30. A concorrência não foi finalizada ontem porque os preços oferecidos pelos concorrentes foram considerados "MUITO altos" (com muito em maiúsculas) pelo leiloeiro, quando comparados ao preço de referência da administração pública. O melhor lance apresentado pelas empresas foi de R$ 128,26 milhões, o que corresponde a um preço de R$ 855 por laptop.No começo do mês, Cezar Alvarez, assessor especial da Presidência da República, afirmou que o governo esperava pagar menos de US$ 300 por máquina, incluindo a entrega nas escolas e três anos de assistência técnica. O edital foi publicado no último dia 6.O governo planeja distribuir os laptops para estudantes de cerca de 300 escolas públicas de todo o País. A expectativa é que as máquinas estejam disponíveis entre março e abril de 2008, para o início do ano letivo. Os candidatos são o XO, da organização sem fins lucrativos One Laptop Per Child (OLPC); o Classmate, da Intel; e o Mobilis, da indiana Encore. O XO foi apelidado de laptop de US$ 100. Apesar disso, seu preço inicial está próximo de US$ 190. Os equipamentos terão isenção de ICMS, PIS, Cofins e imposto de importação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.