Prorrogado o prazo para declarar bens no exterior

O Banco Central editou ontem à noite a Circular 3.095 que prorroga de 31 de março para 15 de maio o prazo final para a entrega da declaração de bens e valores detidos por pessoas físicas e jurídicas brasileiras no exterior. Estão sujeitos à exigência de entrega de declaração as pessoas e empresas que detêm no exterior ativos em valor superior a R$ 10 mil. A declaração se refere ao ano base de 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.