Protesto contra austeridade em Roma se torna violento

Um protesto contra austeridade em Roma se tornou violento quando manifestantes começaram a jogar garrafas e ovos na polícia. Pelo menos um deles ficou ferido. A polícia utilizou gás lacrimogêneo para manter a multidão sob controle e prendeu manifestantes suspeitos de incitarem a violência.

ASSOCIATED PRESS, Agencia Estado

12 de abril de 2014 | 17h49

O protesto foi organizado contra os altos custos de moradias e o desemprego na Itália, como resultado da longa desaceleração econômica do país. A multidão caminhava de forma pacífica pelo centro de Roma até que um grupo utilizando capacetes iniciou o confronto com a polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
ITÁLIAAUSTERIDADEPROTESTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.