Sindi Rodoviário
Sindi Rodoviário

Protesto contra reforma da Previdência suspende coleta de lixo em Sorocaba

Depois de ao menos quatro horas de protesto contra a reforma, os ônibus do transporte coletivo urbano voltaram a circular na manhã desta segunda-feira em Sorocaba e outras 41 cidades da região

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

19 Fevereiro 2018 | 09h08

SOROCABA - Um protesto dos trabalhadores contra o projeto da reforma da previdência do governo Temer suspendeu a coleta de lixo, na manhã desta segunda-feira, 19, em Sorocaba, interior de São Paulo.

Coletores e motoristas aderiram à manifestação e os caminhões de coleta não deixaram a garagem da empresa que tem contrato com a prefeitura. A previsão é de que o serviço seja normalizado ainda na manhã desta segunda.

Ônibus. Depois de ao menos quatro horas de protesto contra a reforma da Previdência, os ônibus do transporte coletivo urbano voltaram a circular na manhã, em Sorocaba e outras 41 cidades da região. Fechados até as 8 horas, os principais terminais de passageiros abriram os portões, mas até as 8h30 o número de ônibus em circulação ainda era pequeno.

O transporte intermunicipal também parou. Passageiros que seguiriam para o trabalho na capital formaram longas filas nos guichês de embarque da rodoviária. Os ônibus só começaram a sair por volta das 8h30. Muitos passageiros desistiram da viagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.