Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Protesto contra sobretaxa do aço faz consulado suspender emissão de vistos em SP

Manifestação organizada pela Força Sindical aconteceu em frente ao serviço consular dos EUA, na capital paulista

Agência Brasil, O Estado de S.Paulo

05 Março 2018 | 17h49

O Consulado dos Estados Unidos na cidade de São Paulo suspendeu nesta segunda-feira, 5, os serviços consulares regulares, devido a um protesto organizado pela Força Sindical contra a sobretaxa do aço brasileiro criada pelo presidente americano, Donald Trump. Os serviços serão retomados na terça-feira, 6.

A manifestação foi em frente à sede do consulado por volta das 11h, na Rua Henri Dunant, 700, zona sul da capital. Mesmo reunindo um pequeno grupo de pessoas, a Polícia Militar fez um cordão para impedir a entrada de pessoas no consulado.

De acordo com o serviço consular dos EUA, foram atendidos apenas cidadãos norte-americanos que precisem de assistência emergencial. Os vistos que seriam emitidos no dia foram remarcados.

A professora aposentada Regina Magalhães, de 63 anos, reclamou da falta de informações. Ela veio de Belo Horizonte para emitir o visto e foi surpreendida pela manifestação que levou ao fechamento do consulado.

“Minha passagem estava marcada para 14h45 de amanhã, era a volta para Belo Horizonte. Acho que não vão atender hoje, vou tentar remarcar o visto e a passagem para amanhã”, lamentou.

Protecionismo. A Força Sindical reclama da medida anunciada por Trump, que tem como objetivo proteger os produtores norte-americanos.

Para a central sindical, a taxação sobre as exportações brasileiras de aço e alumínio vai afetar a produção e, consequentemente, a criação de empregos no Brasil.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.