Protesto de motoqueiros pára a Ponte Rio-Niterói

Uma manifestação de motoqueirosparou hoje a Ponte Rio-Niterói, uma das principais vias de saída da cidade, no primeiro dia do feriado prolongado de CorpusChristi. Cerca de 1,5 mil motoqueiros participaram do protesto contra a cobrança de pedágios aos veículos nas estradas do Estado.O projeto de lei que acaba com o pagamento de tarifa em todas as vias expressas e rodovias já foi aprovado pela AssembléiaLegislativa, mas ainda depende de sanção da governadora do Rio, Rosinha Garotinho.A concessionária que administra a Ponte adianta que a entrada em vigor do projeto irá elevar os pedágios para carros, ônibus ecaminhões. Hoje, a tarifa para as motos está em R$ 1,35, metade do valor cobrado para os carros. Os motoristas em protesto pagaram opedágio em moedas de um centavos ou com notas altas de R$ 50,00 e R$ 100,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.