bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Protestos pedem renúncia de Duhalde e de todo gabinete

A Argentina vive mais um dia de protestos, greves e muita confusão. Um coquetel molotov foi jogado contra as janelas da sede do governo da Província de Entre Ríos, provocando um incêndio no gabinete do governador, que precisou da ajuda dos seguranças para deixar o edifício. Enquanto isso, em Buenos Aires, um grupo de mais de 500 pessoas rodeia a residência oficial da Quinta de Olivos e bloqueia a avenida que dá acesso à entrada da residência.O protesto é acompanhado de cartazes e gritos para que Eduardo Duhalde renuncie junto com todo o gabinete. A marca dos protestos dos argentinos desde que Fernando de la Rúa renunciou é a frase "que se vayan todos", em português a tradução mais próxima seria "que saiam todos". Os principais acessos à capital federal estão bloqueados, assim como as avenidas e ruas importantes. No interior do país, a mobilização também é grande.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.