Próxima baixa do governo pode ser na Casa Civil

O chefe da Casa Civil do presidente Barack Obama está avaliando a possibilidade de deixar o governo para concorrer à prefeitura de Chicago, segundo reportagens divulgadas ontem pela mídia americana. Rahm Emanuel ainda não se pronunciou publicamente, mas os rumores dão conta que sua saída seria iminente.

, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2010 | 00h00

Austan Goolsbee, assessor promovido por Obama para substituir Christina Romer, disse à Bloomberg Television que não comentaria os rumores. Ele limitou-se a dizer que a dança das cadeiras em Washington é algo comum e não distrairá o governo das metas de gerar empregos e acelerar o crescimento do país. / DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.