JONNE RORIZ/AE
JONNE RORIZ/AE

Prumo assina acordo com BP para venda de 30% de subsidiária de gás por US$ 7,5 mi

BP vai controlar 30% da Gás Natural Açu

Márcio Rodrigues, O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2017 | 09h23

A Prumo Logística comunicou, em fato relevante, que assinou um acordo de investimento com a BP Global Investments Limited e com a Gás Natural Açu (GNA), subsidiária integral da companhia. O acordo estabelece os termos e condições para a aquisição, pela BP, de 30% do capital da GNA, por meio da subscrição de novas ações no valor de US$ 7,5 milhões.

Também estabelece as regras para investimento, pela Prumo e pela BP, na UTE GNA I Geração de Energia S.A, subsidiária da GNA, que irá construir e operar uma termelétrica de 1.238 MW, assim como o compromisso de capital necessário para este investimento, proporcional as suas participações societárias, observando o limite de US$ 79,200 milhões de investimento de capital pela BP na construção do projeto. 

LEIA MAIS: 

Consórcios fazem propostas por rede de gasodutos da Petrobrás

+ Liquigás e Ultragaz negociam para evitar reprovação no Cade

+ Consumo de gás em outubro alcança volume mais elevado em mais de 2 anos

O acordo também prevê regras da sociedade e potenciais investimentos pela BP em futuros projetos a serem desenvolvidos pela GNA ou por suas subsidiárias, além de termos e condições para a aquisição, pela BP, de 50% do capital da Gás Natural Açu Comercializadora de Energia, sociedade subsidiária da Prumo, que terá como finalidade o desenvolvimento de oportunidades

relacionadas à compra e venda de energia, gás natural e líquidos derivados de gás natural no Porto do Açu. 

Mais conteúdo sobre:
Gás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.