PT quer noventena para CPMF, reafirma Suplicy

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) reafirmou no Senado que o seu partido pretende votar contra a supressão da noventena na proposta de emenda constitucional que prorroga a CPMF até dezembro de 2004. E, caso o destaque de votação em separado a ser apresentado pelo senador Romero Jucá (PSDB-RR), na votação da emenda constitucional - suprimindo a noventena - seja aprovado, o seu partido pretende entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade (adin) para restabelecê-la. Questionado sobre a possibilidade de a adin ser usada contra a candidatura do partido a presidente, Luís Inácio Lula da Silva, como está sendo feito com a adin que questiona a Lei de Responsabilidade Fiscal, Suplicy afirmou que a decisão a ser tomada será avaliada pela direção nacional do PT. "A noventena é um princípio constitucional que precisa ser respeitado?, disse.

Agencia Estado,

31 de maio de 2002 | 12h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.