Putin convida Lula para reunião do G-8

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi convidado pelo presidente russo, Vladimir Putin, para participar da reunião ampliada do G-8 (grupo dos sete países mais ricos do mundo e a Rússia), prevista para o período de 15 a 17 de julho, em São Petersburgo, na Rússia. Segundo a Agência Brasil, na carta, entregue a Lula pelo presidente da Federação Russa, Mikhail Fradkhov, em encontro no Palácio do Planalto, Putin informou que a agenda do encontro de São Petersburgo incluirá a segurança energética internacional, a luta contra doenças infecciosas e o desenvolvimento da educação. O Itamaraty informou que, na qualidade de presidente em exercício do G-8, Vladimir Putin ressaltou o interesse de seu país de promover a participação, juntamente das nações integrantes do G-8, dos outros grandes Estados do mundo na discussão dos problemas globais. Nesse contexto, de acordo com o Itamaraty, Putin afirmou estar convencido de que o Brasil pode contribuir muito na elaboração das iniciativas que o G-8 lançará este ano. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, Lula agradeceu a iniciativa e indicou que considerará o convite "com atenção e interesse".

Agencia Estado,

05 Abril 2006 | 10h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.