bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Puxada por Vale e cenário externo, Bovespa chega a cair 4%

No exterior, segue a tensão com o setor financeiro e com as especulações sobre estatização de bancos

Da Redação,

20 de fevereiro de 2009 | 15h35

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com forte queda nesta sexta-feira, 20. Às 15h30, o Ibovespa - índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa - chegou a cair quase 4%, mas reduziram a queda e perto do fechamento apresenta queda de 2,18%. As ações da Vale, do Bradesco e da Embraer, que operam com baixa de quase 10%, puxam a Bolsa para baixo.   Veja também: As medidas do emprego De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise    Nos mercados internacionais, segue a tensão com o setor financeiro e com as especulações sobre estatização de bancos, tendo Citigroup e Bank of America no centro ds preocupações. Sinais de recessão se aprofundando na Europa, notícias ruins da Anglo American (queda de lucro e demissões, entre outras), possibilidade de concordata em montadoras e pressão do setor financeiro completam o quadro pessimista.   Este cenário teve reflexos negativos também no mercado doméstico de câmbio, com alta forte do dólar ante o real. Às 15h30, a moeda norte-americana é vendida a R$ 2,3990, em alta de 2,04%. Na Europa, os principais mercados de ações fecharam em baixa, com algumas bolsas renovando a mínima do ano, como Londres e Frankfurt, enquanto Madri fechou no nível mais baixo desde final de 2003.   Em Nova York, o índice Dow Jones cai 2,54%. Com as perspectivas para a General Motors parecendo piorar a cada momento, as ações da montadora norte-americana acentuam a queda em Nova York, empurrando a capitalização de mercado do grupo abaixo de US$ 1 bilhão. No início da tarde, as ações da GM caíam 21% para US$ 1,59, reduzindo a capitalização de mercado da GM a US$ 970 milhões.   Com isso, o valor de mercado da Ford era mais de três vezes superior ao da concorrente. As ações da Ford caíam 7,4% para US$ 1,40, mas, com muito mais papéis em circulação, sua capitalização de mercado estava em torno de US$ 3,50 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaMercado financeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.