carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Puxado por importação, saldo comercial cai 39,35% no ano

Crescimento desproporcional entre importações e exportações causa redução no superávit da balança

Rosana de Cassia, da Agência Estado,

11 de agosto de 2008 | 12h32

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 453 milhões nos seis primeiros dias úteis de agosto, 54,24% menor que o registrado no mesmo período de 2007. Com o resultado, o País acumula saldo comercial de US$ 15,106 bilhões, o que representa uma queda de 39,35%na comparação com o ano passado. A redução no superávit acontece em decorrência do aumento desproporcional das importações ante as exportações nos últimos meses, com a forte desvalorização do dólar.  Até o dia 10 de agosto, as vendas externas somaram US$ 5,889 bilhões, o equivalente a US$ 981,5 milhões de média por dia útil. O valor representa crescimento de 49,5% ante o mesmo período do ano passado. No mesmo período, as compras externas totalizaram US$ 5,436 bilhões, o que corresponde a uma média por dia útil de US$ 906 milhões. Mesmo com a alta de quase 50% registrada pelas exportações no período, as importações ainda tiveram crescimento muito maior, de 80,3%. Em 12 meses, o superávit de US$ 30,216 bilhões é 31,37% menor que o superávit de US$ 44,029 relativo ao período anterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.