PwC: fusões e aquisições são recorde em 2007 no Brasil

O relatório de fusões & aquisições da PricewaterhouseCoopers (PwC) concluiu que no ano de 2007 foi atingido o maior número de transações já registrado no Brasil, superando a máxima histórica de 2000. No período foram realizadas 718 transações, um aumento de 25% em relação a 2006 e um crescimento médio anual de 36% nos dois últimos anos. A maior transação foi a aquisição da Chaparral Steel Company pelo Grupo Gerdau: US$ 4,2 bilhões.O sócio da PWC no Brasil, Raul Beer, salientou que o crescimento de 2007 foi muito significativo, já que os resultados de 2000 foram beneficiados por um grande número de pequenos negócios ligados à "bolha da internet".O crescimento de 25% no Brasil contrasta com o aumento de 10% no número de transações anunciadas globalmente, conforme dado divulgado pela Thomson Financial.Para Raul Beer, o mercado global de fusões e aquisições foi fortemente afetado pela crise do mercado imobiliário norte-americano, principalmente no terceiro trimestre do ano. "No Brasil, dentre os negócios que a PwC assessorou, que estamos assessorando ou de que tenho conhecimento direto, não houve casos de cancelamento", disse Beer.O relatório destaca BR Malls, Petrobras, Gerdau, Vale, Perdigão, Marfrig, JBS Friboi, Datasul e Anhangüera Educacional como as empresas que realizaram os maiores números de transações em 2007 no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.