QGEP anuncia nova descoberta de petróleo no pré-sal

A Queiroz Galvão Exploração e Produção - QGEP Participações informou que comprovou a ocorrência de uma nova acumulação de óleo de boa qualidade no Bloco BM-S-8, em águas ultraprofundas no pré-sal da Bacia de Santos. A QGEP possui 10% de participação no bloco, o qual é operado pela Petrobras (66%). Os demais membros do consórcio incluem a Petrogal Brasil (14%) e Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda. (10%).

AE, Agencia Estado

20 de março de 2012 | 09h29

Segundo o fato relevante da QGEP, a descoberta ocorreu durante a perfuração do poço 4-SPS-86B (4-BRSA-971-SPS), informalmente denominado Carcará, localizado a 232 km do litoral do Estado de São Paulo. O resultado foi comprovado por meio de amostragem de petróleo de 31º API em reservatórios situados a 5.750 metros de profundidade. "O poço continua em perfuração visando determinar o limite inferior do reservatório, bem como identificar outras zonas de interesse", diz o comunicado.

Conforme o fato relevante, Carcará é o terceiro poço perfurado na área do Plano de Avaliação da Descoberta do 1-BRSA-532A-SPS (Bem-te-vi), e encontra-se a 20 km do pioneiro descobridor, numa lâmina d''água de 2.027 metros.

"O consórcio dará continuidade às atividades e investimentos necessários para a avaliação da área, conforme o Plano de Avaliação aprovado pela ANP - Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Combustível", diz a companhia, na nota. "A presença de óleo de alta qualidade no prospecto Carcará, durante a perfuração de sedimentos do pré-sal, reafirma o potencial exploratório do Bloco BM-S-8" declara, no comunicado, Lincoln Guardado, diretor de Exploração.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleopré-saldescoberta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.