REUTERS/Jessica Rinaldi
REUTERS/Jessica Rinaldi

Quatro executivos da Mitsubishi morrem durante teste de novo modelo no Chile

Carro que seria lançado na próxima semana caiu por uma ribanceira de 15 metros; causas ainda estão sendo investigadas

EFE, O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2016 | 17h02

Santiago do Chile - A Mitsubishi Chile informou nesta sexta-feira, 19, que quatro executivos e representantes da montadora japonesa morreram durante o teste de um novo automóvel, que era realizado na região sul do país.

O acidente ocorreu na tarde de ontem na cidade de Ensenada, a cerca de mil quilômetros de Santiago, na região de Los Lagos, enquanto eram realizados testes do novo modelo da caminhonete Mitsubishi Pajero Sport, que seria lançado oficialmente na próxima semana.

Um total de 15 veículos estava sendo testado por executivos da marca e distribuidores de diversas cidades quando, por causas que ainda estão sendo investigadas, um dos carros caiu por uma ribanceira de 15 metros até um pequeno rio, onde ficou tombado.

Quatro de seus ocupantes morreram na hora e um quinto foi resgatado com vida. As vítimas são Matías Riquelme, gerente de Vendas da Mitsubishi Chile; Andrés Donoso, gerente comercial da Skeberge S.A; Carlos Ratti e Marco Ratti, concessionários da marca na cidade de Rancagua.

O sobrevivente foi identificado como Ariel Patrício Miranda Figaredo, que foi levado ao hospital da cidade vizinha de Puerto Varas, onde permanece em estado grave, mas sem risco de morte, de acordo com os médicos da unidade.

A marca japonesa manifestou seu pesar pelas vítimas e cancelou o lançamento do seu novo 4x4 e do Sangyong Tivoli XLV, previsto para o dia 23 de agosto.

Tudo o que sabemos sobre:
SantiagoMitsubishi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.