Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Quatro integrantes do Ministério da Economia são cotados para suceder Mansueto

Os nomes estão sendo analisados por Mansueto, pelo ministro Paulo Guedes e pelo secretário especial de Fazenda da pasta, Waldery Rodrigues

Idiana Tomazelli, O Estado de S. Paulo

14 de junho de 2020 | 22h51

Quatro integrantes do próprio Ministério da Economia estão entre os cotados para suceder Mansueto Almeida no cargo de secretário do Tesouro Nacional, segundo apurou o Estadão.

Os nomes estão sendo analisados por Mansueto, pelo ministro Paulo Guedes e pelo secretário especial de Fazenda da pasta, Waldery Rodrigues.

Dois dos cotados são diretores de programa dentro da Secretaria Especial de Fazenda: Caio Megale (que já foi secretário de Fazenda no município de São Paulo) e Bruno Funchal (que foi secretário de Fazenda do Espírito Santo).

Também está sendo cogitada a indicação de Jeferson Bittencourt, atual secretário adjunto de Waldery na Secretaria Especial de Fazenda.

Outro nome analisado para o posto é o da subsecretária de Relações Financeiras Intergovernamentais do Tesouro, Pricilla Maria Santana.

Mansueto confirmou hoje ao Estadão/Broadcast que deixará em agosto o posto que ocupa desde abril de 2018. Ele é um dos poucos remanescentes do governo passado no alto escalão da equipe econômica – o atual secretário ingressou na pasta em 2016, durante o governo Michel Temer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.