Queda da Selic demonstra responsabilidade do BC, diz CUT

Nesta quarta, sindicatos de todo o País fizeram manifestações pedindo a queda da Selic, que reduziu um ponto

Anne Warth, da Agência Estado

21 de janeiro de 2009 | 19h27

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Artur Henrique, disse nesta quarta-feira, 21, que a redução da taxa básica de juros em 1 ponto porcentual, para 12,75% ao ano, é uma demonstração de responsabilidade do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) em relação ao atual cenário econômico. Hoje, sindicatos de todo o País fizeram manifestações pedindo a queda da Selic. "Esperamos que as reduções de juros continuem ousadas nos próximos meses como forma de estimular a economia, a geração de emprego e de renda", acrescentou. Na avaliação do presidente da CUT, a redução da taxa básica de juros é simbólica e deve ser acompanhada pela diminuição dos spreads cobrados pelos bancos públicos e privados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.