Queda de preços desacelera em São Paulo

Apesar de continuar em deflação, a queda de preços na cidade de São Paulo perdeu força na última semana, no âmbito do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S). De acordo com levantamento divulgado nesta terça-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a taxa ficou negativa em 0,64% até 30 de junho, ante queda de 0,73% apurada no indicador anterior, de até 22 de junho. A informação faz parte do detalhamento regional do IPC-S, anunciado na última segunda-feira em deflação de 0,40%. Das sete cidades utilizadas como base para formação do índice, São Paulo é a que mais possui peso no resultado total do indicador. Além da capital paulista, houve aceleração de preços em Salvador e Belo Horizonte. Em Brasília, Recife e no Rio de Janeiro os preços ficaram menores. Em Porto Alegre, a queda do último levantamento foi idêntica à da pesquisa anterior.

Agencia Estado,

04 de julho de 2006 | 09h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.