coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Queda do IBC-Br não reverte tendência de retomada da atividade

Análise: Leandro Padulla

ECONOMISTA DA MCM, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2013 | 02h04

O Banco Central divulgou ontem o seu índice de atividade econômica (IBC-Br) para o mês de fevereiro. No mês, o IBC-Br recuou 0,5% em relação a janeiro, na série livre de influências sazonais. Em janeiro, o índice recuara 1,4% na mesma base de comparação. Com isso, o indicador já acumula alta de 0,9% no primeiro bimestre do ano.

O resultado mais fraco no mês de fevereiro já era esperado. Nesse mês, os principais indicadores coincidentes já apontavam enfraquecimento da atividade econômica. Vale destacar a produção industrial, cuja retração foi de 2,5% na passagem de janeiro para fevereiro, bem como a produção de insumos típicos da construção civil, que recuou 0,5%.

Adicionalmente, o IBGE informou na última quinta-feira que as vendas no varejo (conceito amplo) caíram 0,7% em fevereiro, resultado atribuído principalmente às vendas fracas de veículos e motocicletas. A queda do número de emplacamentos de veículos em fevereiro foi influenciada pelo forte movimento de vendas em janeiro, mês no qual os estoques de veículos contemplados com o IPI reduzido ainda se encontravam elevados.

O resultado mais fraco de fevereiro não deve ser tomado como uma reversão da retomada da atividade econômica, mas sim como uma correção do forte crescimento observado em janeiro.

Prova disso é que os indicadores coincidentes para as vendas no varejo ampliado e para a produção industrial para o mês de março sugerem que a atividade econômica tenha melhorado. Por causa disso, é esperado que o IBC-Br volte a crescer, encerrando o primeiro trimestre do ano com crescimento superior ao observado no fim de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.