Queda do IBC-Br no 3º trimestre é a primeira desde 2009

A retração trimestral do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) registrada no terceiro trimestre de 2011, que recuou 0,32% em relação ao segundo trimestre do ano, foi a primeira queda em bases trimestrais registrada pelo indicador desde o primeiro trimestre de 2009. Naquele período, o índice do BC havia caído 2,40% na comparação com os últimos três meses de 2008.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

17 de novembro de 2011 | 13h42

A série histórica do indicador divulgada hoje, portanto, que o dado que é considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) já tem contração comparável ao ritmo visto no início de 2009, quando a economia sentia fortemente o reflexo gerado pela quebra do Lehman Brothers em setembro de 2008.

No segundo trimestre de 2011, o índice já havia registrado o menor ritmo desde aquela época, mas ainda estava no campo positivo e havia apresentado expansão de 0,50% na comparação com os três primeiros meses do ano.

No fim de 2008 e início de 2009, com a economia em retração, o governo tomou uma série de medidas para incentivar a atividade e o índice do BC chegou a registrar expansão máxima trimestral de 3,07% no último trimestre de 2009 na comparação com o período de três meses anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
IBC-BrBanco Central

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.