Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Queda do preço do aluguel até maio é a maior desde 2009

Em 12 meses, queda real chega a mais de 13%; preço médio anunciado para locação por metro quadrado foi de R$ 30,69 em maio

ECONOMIA & NEGÓCIOS, O Estado de S.Paulo

15 Junho 2016 | 11h08

Os preços médios para novos aluguéis registraram uma queda de 0,52% de abril para maio, segundo o Índice FipeZap de Locação. Em 12 meses, o recuo acumulado é de 5,12% –  um recorde negativo para a série histórica, que teve início em 2009. A inflação medida pelo IPCA nesse período foi de 9,32%, levando a uma queda real de 13,21% no valor dos aluguéis em um ano.

Todas as 11 cidades pesquisadas pelo indicador mostraram resultados inferiores à inflação no período, sendo que Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Porto Alegre, Santos e Distrito Federal tiveram queda nominal de preços.

O preço médio anunciado para locação por metro quadrado foi de R$ 30,69/mês em maio. A liderança ficou com Rio de Janeiro (R$ 36,65)e  São Paulo (R$ 35,42); já Curitiba apresentou a menor média para o mês, de R$ 16,89 por metro quadrado.

Para o cálculo do Índice FipeZap de Locação, os preços anunciados considerados  são para novos aluguéis – ou seja, não mede a variação dos contratos vigentes (normalmente reajustados automaticamente pelo IGP-M/FGV ou por outros índices de correção).

Rentabilidade. Para os donos dos imóveis, a rentabilidade anualizada do aluguel – retorno médio que um proprietário terá nos próximos 12 meses com os aluguéis que receber, sem contar nenhum aumento no preço dos imóveis – foi de 4,5%. No mesmo período, a poupança recuou 1,1%.

A rentabilidade maior foi em Santos (6,5%), e a menor, em Curitiba (3,7%).

Mais conteúdo sobre:
AluguelLocação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.