Queda do risco País melhora humor do mercado

A queda do risco Brasil abaixo dos 1.000 pontos-base impulsionou a Bovespa nesta terça-feira. O índice teórico paulista fechou em alta de 2,83% e o volume financeiro somou R$ 676 milhões. O C-bond subiu 2,85%, para 81,25 centavos de dólar e o risco País caiu 54 pontos, para 990 pontos-base. Isso aconteceu principalmente porque os radicais do PT concordaram em votar a favor da PEC que altera o artigo 192, que regulamenta o sistema financeiro nacional.As boas notícias para os mercados domésticos e os juros futuros conseguiram fôlego para reduzir significativamente os já magros prêmios dos contratos futuros. Na BM&F, os DIs futuros encerraram o dia com as seguintes taxas: DI de maio, 26,33% (ante 26,44% de ontem); DI de junho, 26,53% (26,70%); DI de julho, 26,60% (26,80%); DI de outubro, 26,58% (26,85%); DI de janeiro/04, 26,55% (26,97%).O dólar comercial à vista fechou no nível mais baixo desde 16/1, a R$ 3,313 (-1,19%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.