seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Queda do yuan não é para ajudar exportações, diz China

A desvalorização do yuan não é uma tentativa deliberada para ajudar as empresas exportadoras da China, afirmou o Ministério do Comércio. O porta-voz Shen Danyang disse em coletiva de imprensa mensal que a recente depreciação não é surpreendente tendo em vista o déficit comercial de fevereiro. Na madrugada de hoje, o dólar alcançou o nível de 6,19 yuans, comparável a 6,05 yuans no início do ano.

AE, Agencia Estado

18 de março de 2014 | 02h09

"Nós acreditamos que os recentes movimentos na taxa de câmbio refletem os efeitos do mercado. Comparado com alguns mercados emergentes, o tamanho desse movimento no câmbio ainda está dentro de um nível normal", afirmou. O porta-voz acrescentou que com as reformas cambiais movimentos nas duas direções serão normais para o yuan. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinayuan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.