Queda dos juros no comércio é pequena

O varejo começa aos poucos a cortar suas taxas de juros ao consumidor, apostando estrategicamente no anúncio de redução da taxa Selic aguardado para a próxima semana. "A partir deste mês, confirmado um novo corte na Selic, todos esperam uma queda mais acentuada das taxas ao consumidor", diz o vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira. Até o momento, alerta, a queda foi imperceptível e, em alguns casos, o juro, se comparado com o início do ano, está até maior. Pesquisa da Anefac divulgada nesta quarta-feira mostra que a taxa média de juros mensais para a pessoa física caiu de 8,45% em junho para 8,32% em julho. Já para empréstimos pessoais em bancos, houve um recuo de 6,57% para 6,22% em julho, mas em janeiro a taxa era de 5,77%. Os juros do comércio baixaram de 6 73% para 6,67% no mês passado, mas estão quase inalterados, na média, em relação a janeiro quando estavam em 6,66% ao mês. "O consumidor não sente no bolso a queda e percebe que as taxas ainda estão altíssimas", diz Oliveira. Os juros do comércio, por exemplo, segundo levantamento da Anefac, são de 117,02% ao ano, o do cartão de crédito vai para 236,83% e a taxa anual de empréstimos feitos em financeiras é de 325,24% ao ano. A taxa média para o consumidor em julho estava em 106,92% ao ano e caiu apenas 0,13 ponto porcentual em relação a junho. Confiante na tendência de queda da taxa básica e da inflação, o superintendente da Loja Cem, Valdemir Colleoni, decidiu se antecipar ao anúncio do governo e reduzirá amanhã seus juros. No crediário, com prazo de 20 meses, as taxas baixam de 5,9% para 5,3% e haverá reduções semelhantes em outros planos de pagamentos. O Extra e o Extra/Eletro, do Grupo Pão de Açúcar, também cortam amanhã seus juros no crediário de 7,90% para 4,99% ao mês para prazos de 12 meses. Seu maior concorrente, o Carrefour não fez reduções, mas informa que está com juros promocionais de 2 99% para vários produtos, em 12 vezes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.