Queda na produção industrial eleva temor por recessão na Europa

A queda na produção industrial em quatropaíses da zona do euro em maio reforçou nesta quinta-feira oquadro de desaceleração acentuada da atividade econômica esustentou a idéia de que o crescimento da região provavelmenteparou no segundo trimestre. A produção na França caiu 2,6 por cento em relação ao mêsanterior, muito abaixo das previsões de queda de 0,5 por cento.Na Itália a perda foi de 1,4 por cento, também bem abaixo dasexpectativas, e na Holanda a queda foi de 0,7 por cento. "Temos a impressão de que a economia (da zona do euro) estácaindo em recessão", disse o economista do Société GénéraleOlivier Gasnier. O ministro das Finanças Peer Steinbrueck deixou claro que aAlemanha não deu força à economia da região entre maio e julho."Vamos ter um segundo trimestre ruim", disse em Berlim. Considerando que a Alemanha, maior economia da área, tevequeda de 2,4 por cento na produção, analistas disseram que nãohá dúvida de que a produção no bloco de 15 países vai mostrarforte queda na segunda-feira, quando for divulgado o resultadopela agência de estatísticas da região, a Eurostat. Alemanha, França e Itália produzem mais de dois terços dototal da zona do euro, e dados igualmente fracos já foramdivulgados pela Espanha e pela Grécia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.