Racionamento para iluminação pública acaba em fevereiro

O ministro de Minas e Energia, José Jorge, informou hoje que o racionamento de energia para iluminação pública terminará no dia 1º de fevereiro. De acordo com ele, a economia de energia nesse setor tem sido de 35%. O ministro informou também que a Câmara de Gestão da Crise de Energia (GCE) está preparando uma medida, que será anunciada na próxima semana, para aliviar o racionamento para o setor industrial, inclusive o de eletrointensivo.De acordo com o ministro, esse alívio valerá a partir de fevereiro e poderá ser concedido porque no mês de janeiro a economia de energia obtida chegou a 1.500 MW médios. O alívio também será estendido ao comércio. A GCE anunciará também uma medida que concederá a possibilidade de maior gasto de energia para residências durante o carnaval. Serão beneficiados setores que aumentam seu gasto de energia nesse período, como o hoteleiro.Segundo José Jorge, essa folga valerá por dez dias, do dia 4 ao dia 13 de fevereiro, que "é o período do carnaval de Olinda", informou o ministro, que é pernambucano. A medida foi tomada para atender a pedidos de prefeitos, como o do Rio de Janeiro, César Maia, e o de Salvador, Antônio Imbassahy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.