Randon fecha contrato de R$ 16 milhões com grupo Cosan

A Randon informou nesta sexta-feira que fechou uma venda de cerca de R$ 16 milhões para o grupo Cosan, do setor sucroalcooleiro, que inclui mais de 300 implementos rodoviários entre semi-reboques canavieiros e do tipo carrega-tudo. As entregas serão realizadas até março de 2007.O diretor comercial da Randon, Marcos Zanotti, destaca em nota, que o transporte de cana-de-açúcar terá um grande crescimento em 2007, devido aos impulsos da "agroenergia", de biocombustíveis e dos investimentos para atender à demanda com a criação de novas usinas.Segundo a empresa, a expectativa do mercado é de que o setor sucroalcooleiro deverá faturar este ano R$ 41 bilhões, o que corresponde a quase 8% do Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio nacional."A empresa está absolutamente afinada com a onda dos combustíveis renováveis em que o Brasil desponta como um agente ativo, dada a imensa biodiversidade", afirma o executivo. Dos 9,25 mil semi-reboques que a Randon produziu até outubro de 2006, 790 foram canavieiros, respondendo por 8,5% do faturamento.A Cosan possui 17 unidades produtoras, duas refinarias e dois terminais portuários e é um dos maiores grupos sucroalcooleiro individual do País. A companhia tem capacidade de moagem de 40 milhões de toneladas de cana por ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.