Rating da Sulamérica pode ser rabaixado pela S&P

A Standard & Poor''s colocou os ratings de crédito de contraparte de longo prazo da Sulamérica em revisão para possível rebaixamento. Além do rating "BBB+" da Sulamérica Seguros, a agência de classificação de risco pode rebaixar o rating de crédito de contraparte de longo prazo da holding Sulamérica, que está atualmente em "BBB-".

MARCELO RIBEIRO SILVA, Agencia Estado

27 de novembro de 2013 | 00h36

Inicialmente, a S&P colocou os ratings da Sulamérica apenas em observação para determinar se as avaliações poderiam ser afetadas pelos novos critérios da agência de classificação de risco. Em 19 de novembro, a S&P anunciou uma nova metodologia para avaliar entidades não soberanas.

Após a análise, a S&P concluiu que os ratings da companhia podem ser afetados pelos novos critérios. Com isso, a agência passou a considerar a revisão dos ratings para um possível rebaixamento.

"Esperamos encerrar essa revisão em três meses, tendo em conta as circunstâncias atuais e as perspectivas para o futuro", explicou a S&P.

De acordo com o documento da agência, a S&P está considerando rebaixar os ratings se a companhia for incapaz de passar por testes de estresse.

Os novos critérios não afetam o rating "brAAA" em escala nacional da Sulamérica Seguros e o rating "brAA+" em escala nacional da Sulamérica.

Tudo o que sabemos sobre:
brasils&pratingsulamérica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.