RBS quer vender corretora

O banco Royal Bank of Scotland Group PLC quer vender a corretora Hoarre Govett, segundo o jornal The Sunday Times. O negócio será parte de uma revisão de seu braço de investimentos, o qual o jornal The Sunday Telegraph informou, em outra matéria, que poderá diminuir em mais da metade. Nenhum dos jornais citou as fontes da informação.

O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2011 | 03h05

A especulação tem origem numa reunião de diretoria do RBS na semana passada e vem à tona em antecipação à resposta do governo britânico, esperada para hoje, ao relatório da Comissão Independente do Setor Bancário. O secretário de Negócios do governo britânico, Vince Cable, disse ontem que o governo aceitará por completo as conclusões do relatório da Comissão, a qual propôs a separação dos braços de varejo e de investimento dos bancos britânicos.

Segundo The Sunday Times, a venda ou o fechamento da corretora é uma das diversas opções que vêm sendo discutidas, inclusive um esquema mais radical para a completa retirada do RBS do mercado acionário.

Já o jornal The Sunday Telegraph informou que o RBS contratou a firma McKinsey & Co para considerar o fechamento de mais da metade do banco de investimento do grupo RBS, incluindo a rápida redução da sua divisão de "global banking e mercados", além da venda de alguns negócios./ DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.