Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Real é a moeda latino-americana que mais sobe frente ao dólar

Relatório da Economática destaca que a divisa brasileira lidera a valorização em 2009, com uma alta de 31,44%

Efe,

01 de outubro de 2009 | 14h34

As moedas de Brasil, Chile e Colômbia foram as que, até o fim de setembro, mais se valorizaram frente ao dólar na América Latina, enquanto a da Argentina foi a única que se desvalorizou, segundo um estudo divulgado nesta quinta-feira, 1, pela empresa de consultoria Economática.

 

 

O relatório, elaborado com dados de sete países da região, destaca que o real lidera a valorização em 2009, com uma alta de 31,44% entre 1º de janeiro e 30 de setembro. Logo atrás, aparece o peso chileno (17,01%), o peso colombiano (16,73%) e o sol peruano (7,99%).

 

Nos primeiros nove meses deste ano, as moedas desses quatro países se valorizaram frente ao dólar mais que o próprio euro (5,22%), acrescenta o estudo. Em quinto lugar no ranking, ficou o peso mexicano, com uma valorização de 2,52%. Já o bolívar não registrou nenhuma variação este ano, já que o câmbio é controlado pelo Governo venezuelano.

 

Na Argentina, por outro lado, a moeda local foi a única da região a se desvalorizar frente à divisa americana. Em nove meses, o peso argentino perdeu 9,87% do seu valor no câmbio com o dólar.

Tudo o que sabemos sobre:
Realdólar2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.