Realização de lucro faz açúcar cair 1%

Realizações de lucro pressionaram as cotações do açúcar na Bolsa de Nova York ontem. Depois de subir fortemente na véspera, o contrato com vencimento em outubro, o mais negociado, cedeu 1,08%, para 18,42 centavos de dólar por libra-peso. Mas o produto ainda registra valorização de 14,7% em julho.

Análise: Ana Conceição, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2010 | 00h00

Alguns analistas consideraram o recuo na terça-feira apenas uma pausa do mercado. Eles estimam que o contrato pode ser negociado por valores entre 18,50 e 20,50 centavos de dólar, por causa da dificuldade de embarque do produto no Brasil, maior fornecedor mundial.

Ontem, um executivo da maior refinaria do mundo, a Al Khaleej, disse que pode faltar açúcar no Oriente Médio durante as comemorações do Ramadã, em agosto, diante dos problemas logísticos brasileiros e também da restrição da oferta global.

As cotações do café arábica também cederam em Nova York. Em uma sessão sem novidades, o contrato para setembro caiu 1,12%, a 163,75 centavos de dólar por libra-peso. A bolsa do grão seguiu o desempenho de outros mercados de matérias-primas, como petróleo e metais, que tiveram um dia fraco depois da divulgação de indicadores decepcionantes dos Estados Unidos, entre eles a queda na confiança do consumidor em julho. O norte-americano está mais pessimista com a economia do país, lugar onde mais se consome café no mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.