Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Recadastre a conta antiga ou perca o dinheiro

O titular de contas bancárias que não fez o recadastramento tem até o dia 31 de dezembro para fazê-lo. Segundo o Banco Central (BC), até setembro eram R$ 352,5 milhões em mais de 1,4 milhão de contas paradas. Caso os titulares dessas contas não as recadastrem até o final do ano, o dinheiro será revertido a programas do governo federal: 60% para a reforma agrária e 40% irão para o Fundo de Garantia para Promoção da Competitividade.O titular pode pesquisar no site do BC se sua conta foi recadastrada ou não (veja link abaixo). É preciso estar com o número da conta e o nome da instituição, pois não é possível realizar a busca só com o CPF. Caso a sua conta ainda não tenha sido recadastrada, o titular deverá ir ao banco munido de cartão de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); documento de identificação; comprovante de residência.Se a conta de depósito for titulada por menor ou por pessoa incapaz, além de sua qualificação, também deverá ser identificado o responsável que o assistir ou representar. Após a atualização dos dados os bancos deverão solicitar ao Banco Central a devolução dos valores correspondentes às contas regularizadas. O recadastramento foi instituído em 1993. O governo pretendia, com a medida, identificar contas-fantasma, utilizadas para lavagem de dinheiro e outros tipos de movimentações financeiras ilícitas. O prazo inicial para o recadastramento era até 31 de dezembro de 1994, mas, desde então, esse prazo foi estendido duas vezes, enquanto os recursos das contas em situação irregular foram passados para o BC e depois para o Tesouro Nacional, onde estão atualmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.