finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Recall da Mattel leva executivo chinês a cometer suicídio

Zhang Shuhong chefiava a Lida Toy, empresa que fabricou os brinquedos com problemas

REUTERS, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2014 | 00h00

O chefe de uma fábrica de brinquedos chinesa envolvida em um milionário recall da empresa americana Mattel cometeu suicídio, enforcando-se dentro da própria fábrica. Zhang Shuhong, executivo de Hong Kong na faixa dos 50 anos e que chefiava a Lida Toy Company, fabricante dos brinquedos, foi encontrado morto na oficina da fábrica no sábado, segundo o diário semi-oficial Southern Metropolitan Daily. Shuhong não era empregado da Mattel.Cerca de 1,5 milhão de brinquedos infantis feitos pela Lida Toy, contratada pela unidade Fisher-Price da Mattel, sofreram recall em diversos países na semana passada. Os produtos continham níveis excessivos de chumbo, substância que foi ligada a problemas de saúde em crianças, incluindo danos cerebrais. As estimativas eram que o recall teria um custo de US$ 30 milhões para a Mattel. Segundo nota divulgada pela empresa no Brasil, os produtos vendidos no País não fazem parte do lote com problemas."Nós exigimos que nossos parceiros utilizem tintas de fornecedores testados e aprovados e tenham procedimentos locais de testes, mas neste caso esses procedimentos não foram seguidos", disse na semana passada Jim Walter, vice-presidente sênior da Mattel. Os brinquedos em que os problemas foram detectados trazem personagens da Vila Sésamo e do canal de TV a cabo Nickelodeon e fazem parte dos lotes fabricados entre os dias 19 de abril e 6 julho deste ano. O caso dos brinquedos foi o mais recente relacionado à segurança de produtos fabricados na China. A agência de controle de qualidade chinesa proibiu a Lida Toy de exportar. A companhia não comentou o caso.Um porta-voz da Mattel em Hong Kong disse que não estava em posição de comentar o suicídio do executivo. O diário Southern Metropolitan Daily informou que a polícia está investigando o caso.Os produtos chineses têm estado no olho do furacão desde que um aditivo químico em alimentos para animais de estimação provocou a morte de vários animais nos Estados Unidos, e depois que ingredientes tóxicos foram encontrados em cremes dentais e produtos à base de peixe.Recentemente, uma outra empresa de brinquedos americana, a RC2, fabricante das locomotivas Thomas, teve problemas com fornecedores chineses. A empresa teve de fazer o recall de 1,5 milhão de trens e acessórios porque um fabricante também havia pintado os produtos com tinta à base de chumbo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.