Recall do Bindeez começa na quarta-feira

A importadora Long Jump começa na próxima quarta-feira o recall do brinquedo Bindezz, suspeito de conter em sua composição a droga GHB, que tem características sedativas e é usada no golpe "Boa Noite, Cinderela". Os consumidores que adquiriram o brinquedo poderão ir a lojas de brinquedos trocá-lo por outros produtos de mesmo valor ou receber o dinheiro de volta. Os estabelecimentos que realizarão as trocas serão anunciadas pela empresa na segunda-feira. Segundo a Long Jump, 55.402 brinquedos foram vendidos no Brasil desde maio, quando foi iniciada a importação. Nenhum acidente foi registrado no País.Na Austrália e nos Estados Unidos, alguns lotes do Bindeez (da australiana Moose e fabricado na China) apresentaram a presença do GHB. Seis crianças foram hospitalizadas após ingerirem as bolinhas que compõe o brinquedo. Ainda não foi determinado se os lotes que vieram para o Brasil continham a substância, mas a Long Jump optou por fazer um recall preventivo. Amostras do Bindeez foram enviadas ao Inmetro para a realização de testes para detectar substâncias tóxicas - o resultado deve levar 10 dias para ser anunciado.Os itens que serão trocados são o Bindeez Kit de Atividades (código LJ6026), Kit Bandeja e Spray (LJ6027), Kit Refil Divertido (LJ6025) e Refil de Bolinhas Mágicas Transparentes/Brilham no Escuro (LJ 6024). Os consumidores com dúvidas podem entrar em contato com a empresa gratuitamente pelo telefone 0800-7703993, das 9h às 17h, ou pelo e-mail sac@longjump.com.br. Antes do recall, o Inmetro já havia determinado a retirada do brinquedo das lojas.

Ana Paula Lacerda, O Estadao de S.Paulo

15 de novembro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.