Recall: orientações do Procon

A Fundação Procon-SP anunciou hoje que a Fiat Automóveis S.A. já foi notificada a prestar esclarecimentos sobre o recall nos termos da legislação do Código de Defesa do Consumidor. Na semana passada, a empresa comunicou seus clientes sobre eventuais falhas no cinto de segurança nos veículos da família Palio. O Procon aponta falhas na comunicação do problema, já que os anúncios teriam informações pouco claras e precisas quanto aos modelos atingidos pelo comunicado e à questão da data da fabricação dos veículos.Atendimento aos consumidoresA montadora estipulou que a data para iniciar o atendimento ao consumidor é 6/11/2000, mas os consumidores que eventualmente tiverem algum problema antes deste dia terão seus direitos de garantidos. Isso significa que, caso ocorra algum incidente provocado pelas peças apontadas (base no cinto de segurança), a montadora poderá ser responsabilizada legalmente.Outra recomendação é que os consumidores que procurarem as concessionárias autorizadas para verificação do cinto de segurança dos veículos Palio 1.0, Siena 1.0, Palio Weekend 1.0 e Pick-up Strada produzidos a partir de maio de 1998, com exceção dos modelos na Nova Família Palio, exijam comprovante da troca da peça foi efetuada.O Procon esclarece também que os consumidores cujos veículos necessitem dos reparos não precisam ir à agência ou concessionária na qual adquiriram o bem, mas a qualquer uma credenciada pela montadora. Além disso, se o veículo tiver sido comercializado diversas vezes, o proprietário atual tem o mesmo direito ao reparo gratuito daquele que adquiriu um veículo novo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.