finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Receita arrecada R$ 29,6 bilhões com CPMF até outubro

Em meio a negociação no Congresso Nacional para a prorrogação da cobrança da CPMF até 2011, a Receita Federal divulgou dados que mostram que a arrecadação com a contribuição apresenta de janeiro a outubro deste ano um crescimento real de 10,05% ante o mesmo período do ano passado.Segundo os dados, no período de janeiro a outubro de 2007 o governo arrecadou com a CPMF R$ 29,649 bilhões. Com a correção da inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a arrecadação sobe para R$ 30,039 bilhões. Em outubro a arrecadação da CPMF apresentou crescimento de 5,29% ante outubro de 2006 e uma queda de 4,57% ante setembro deste ano. A arrecadação da CPMF em outubro somou R$ 2,996 bilhões. A participação da CPMF no total da arrecadação da Receita Federal permaneceu estável de janeiro a outubro, em 6,12%. O crescimento da arrecadação da CPMF no ano até outubro é maior do que de outros impostos como o da Cofins (7,64%), PIS (6,16%) e da Cide (que teve queda de 1,82%). A arrecadação do Imposto de Importação de janeiro a outubro tem crescimento real de 17,79%, do IPI de 14,86%, do Imposto de Renda (Pessoa Física e Jurídica) de 11,96% e da Contribuição Social sobre o Lucro líquido (CSLL) de 14,06%.

ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

20 de novembro de 2007 | 15h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.